Inovação, culturas e decolonialidades: perspectivas e desdobramentos da pesquisa educacional para democratização de políticas e práticas educacionais

Autores

Editora Inovar

Palavras-chave:

Cultura e decolonialidade, Democratização da educação, Políticas e práticas educacionais

Sinopse

A presente obra reúne uma compilação de vinte e oito capítulos cuidadosamente elaborados a partir das pesquisas desenvolvidas nos programas de Mestrado e Doutorado em Educação das Instituições de Ensino Superior de Santa Catarina associadas à ACAFE. Este trabalho não apenas visa socializar e publicizar essas importantes investigações, mas também se propõe a estabelecer um diálogo significativo com pesquisadores da área no contexto internacional. Com um olhar voltado para a democratização das Políticas e Práticas Educacionais em Santa Catarina, todos os capítulos aqui presentes contribuem para alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Este livro é um convite para uma reflexão profunda e uma ação transformadora, buscando construir um futuro mais justo e equitativo para todos.

 

ISBN: 978-65-5388-233-1
DOI: 10.36926/editorainovar-978-65-5388-233-1

 

Biografia dos Organizadores

Verônica Gesser - Pos-Doutorado em Educação: Currículo e Ensino - pela Barry University, FLORIDA, USA (Fianciamento: CAPES). Doutora em Educação - Currículo e ensino - pela Florida International University, USA. Mestrado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Líder do Grupo de pesquisa de Políticas e Práticas de Currículo e Gestão cadastrado no CNPQ. Diretora da Escola de Educação (Centro de Educação) da UNIVALI. Professora e Coordenadora do Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação (Mestrado e Doutorado) da Universidade do Vale do Itajaí. Ampla experiência na área de Educação Básica e Superior, com ênfase em: Políticas Publicas, Teoria Geral de Planejamento e Desenvolvimento Curricular. Suas pesquisas estão focadas nos temas: Políticas Públicas, Currículo, e Avaliação Educacional. Faz parte do Banco de Avaliadores do INEP, atuando ativamente nos Atos e Processos Regulatórios de Avaliação do Ensino Superior da Educação Brasileira, tanto nas modalidades presenciais quanto na Educação à Distância.

 

Anderson Luiz Tedesco - Possui Pós-Doutorado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Mestrado da Educação da Universidade Comunitária da Região de Chapecó - PPGED/Unochapecó (2021). Doutorado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PPGF/PUCPR (2019) e Mestrado em Educação pela Universidade do Oeste de Santa Catarina - PPGEd/Unoesc, Campus de Joaçaba, (2012). Especialização em Educação no Novo Ensino Médio: Interdisciplinaridade e Itinerários Formativos para Linguagens e Ciências Humanas pela Universidade La Salle - Unilasalle (2022). Especialização em Psicopedagogia pela Universidade Regional de Blumenau - FURB (2011). Especialização em Bioética e Pastoral da Saúde pelo Centro Universitário São Camilo - CUSC (2010). Licenciatura em Filosofia pelo Centro Universitário São Camilo - CUSC (2008). Atualmente é Professor Titular da Universidade do Oeste de Santa Catarina - (Unoesc, Campus de Joaçaba), docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação e da Graduação - PPGEd/Unoesc. Desenvolve pesquisas na Linha de Processos Educativos, principalmente nas seguintes temáticas: 1) Epistemologias e Educação. 2) Filosofia e Educação, 3) Ética, Bioética e Educação e 4) Formação Humana e Educação Básica. Participa dos Grupos de Pesquisa: SULEAR: Educação Intercultural e Pedagogias Decoloniais na América Latina - (PPGED/Unochapecó), da Rede Sur Paideia - (PPGED/UTP) e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Filosofia e Educação (GEPeFE)

 

Allan Henrique Gomes - Doutor em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Graduado em Psicologia pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). Professor Adjunto na Universidade da Região de Joinville - SC (UNIVILLE) na graduação em psicologia e no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE); Líder do Núcleo de Pesquisa em Educação, Política e Subjetividades (NEPS) e membro do projeto integrado de ensino, pesquisa e extensão Percursos Formativos Docentes e Discentes na Rede de Educação Básica (PERFORMA). Professor na Associação Catarinense de Ensino - ACE. Membro do GT ANPED Psicologia da Educação e GT ANPEPP Psicologia, estética e arte.

 

Bruna Carolina de Lima Siqueira dos Santos - Pós-doutoranda em Desenvolvimento Rural Sustentável (PPGDRS) Unioeste. Pós-doutoranda em Estudos Transdisciplinares: Sociologia, Antropologia e Política na EHESS (Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales) Centro Edgar Morin – Paris/França. Doutora e Mestre em Educação pela UNIVALI. Especialista em Gestão e Supervisão Escolar - UNINASSAU. Licenciada em Pedagogia - Universidade Nilton Lins Coordenadora institucional (UNIVALI) do Programa Residência Pedagógica. Consultora Educacional. Pesquisadora e orientadora de pesquisas com ênfase em: Educação Ambiental, emergências climáticas, abordagens socioambientais, políticas públicas, teorias e práticas de currículo, formação (inicial e continuada) de professores, teorias de ensino e aprendizagem. Linha de pesquisa: Políticas para a Educação Básica e Superior. Pesquisadora e docente no Grupo de Pesquisa: Políticas e Práticas de Currículo e Gestão, vinculado ao PPGE da UNIVALI. Membro dos Grupos de Pesquisa: Rede de jovens pesquisadores doutores em Educação Ambiental - REPDEA; Rede Internacional de Pesquisa em Desenvolvimento Resiliente ao Clima RIPERC Network. Membro da Comissão de Gestão Participativa da Rede Sul Brasileira de Educação Ambiental - ReaSul. Representante Institucional da UNIVALI junto a Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental de Santa Catarina (CIEA/SC). Representante Institucional da UNIVALI no Grupo de Trabalho de Educação Ambiental do Comitê de Gerenciamento das Bacias Hidrográficas dos Rios Tijucas e Biguaçu e Bacias Contíguas. Coordenadora estadual do elo SC do Global Youth Climate Pact (GYCP).

 

Ediene do Amaral Ferreira - Possui graduação em Relações Públicas pela Universidade Católica de Pelotas (1992), Mestrado em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2001) e Doutorado em Educação pela Universidade do Vale do Itajaí (2017). Atualmente é professora titular da Universidade do Vale do Itajaí. Tem experiência na área de Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: comunicação, relações-públicas, jornalismo, agência experimental e pesquisa em comunicação.

 

George Saliba Manske - Possui graduação em Licenciatura em Educação Física (2001) e especialização em Pedagogias do Corpo e da Saúde (2003) pela Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (ESEF-UFRGS), e mestrado (2006) e doutorado (2014) em Educação na linha de pesquisa Estudos Culturais em Educação pelo Programa de Pós-graduação da Faculdade de Educação da mesma instituição (FACED-PPGEDU-UFRGS). Atualmente atua como professor dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Saúde e Gestão do Trabalho (PPGSGT) e professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEDU) pela mesma Universidade (UNIVALI). Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Estudos Culturais (GEPEC) (DGP/CNPQ). Com experiência nas áreas da Educação, da Educação Física e da Saúde Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: corpos, culturas, biopolíticas, pedagogias culturais, medicalização, formação profissional e docente.

 

Ivo Dickmann - Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) e professor-pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (Mestrado e Doutorado) da Unochapecó. Pós-doutor em Educação (Uninove). Doutor e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Bacharel em Filosofia e Licenciado em Pedagogia. Principal foco de atuação e pesquisa: Pensamento de Paulo Freire, Ecopedagogia, Formação Docente em Saúde. Líder grupo de pesquisa interinstitucional Palavração - Grupo de Pesquisa em Educação e Ecopedagogia, cadastrado no CNPq. Entre as principais obras publicadas estão artigos em revistas científicas e os livros: Primeiras Palavras em Paulo Freire (2008; 2016; 2019), Educação Ambiental na América Latina (2018), 365 dias com Paulo Freire (2019), Paulo Freire: método e didática (2020), Pedagogia do Ser Mais (2020), Educação Ambiental Freiriana (2021), Ecopedagogia: origens, fundamentos e perspectivas (2023).

 

Jaime Farias Dresch - Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC). Vinculado à Linha de Pesquisa "Políticas e Fundamentos da Educação". Realizou Doutorado em Educação na UFSCar, com período sanduíche na Universidade do Minho; Mestrado em Educação e Pedagogia na UNESP-Rio Claro. Sócio da ANPEd (GT Educação de Crianças de 0 a 6 anos). Integra o Núcleo de Pesquisa em Educação Básica: políticas, estéticas e diferenças (NuPEB). Coordena o Laboratório de Inovação Educacional (Labin), projeto financiado pela FAPESC. Leciona no curso de Pedagogia. É membro do Consuni e do Comitê de Ética em Pesquisa da UNIPLAC. Integra o Conselho Editorial da Editora UNIPLAC. Coordenou o PPGE UNIPLAC de 2019 a 2023. Atuou como professor nas séries iniciais do Ensino Fundamental. Pesquisa as temáticas: Políticas e fundamentos da Educação Infantil; Pedagogia das diferenças; LGBTQIAPN+ e Educação; Pedagogias cuír; Divulgação Científica e Inovação.

 

Jaison Hinkel - Psicólogo e músico autodidata. Graduação em Psicologia (2005) pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB), mestrado (2008) e doutorado (2013) em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Realizou pós-doutorado em Psicologia (2022) pela UFSC, desenvolvendo a pesquisa "Psicologia Africana: contribuições possíveis a partir dos estudos da música". Professor titular do Departamento de Psicologia da FURB, no qual realiza ações de ensino, pesquisa e extensão. Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Educação da FURB. Integrante da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da FURB. Tem experiência na área de Psicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: trabalho, economia solidária, educação popular, saúde mental, arte, estética, psicologia africana e pensamento decolonial.

 

Jane Mery Richter Voigt - Pós-Doutoramento em Ciências da Educação na especialidade Desenvolvimento Curricular, pela Universidade do Minho - UMINHO, Braga, Portugal (2018). Doutora em Educação na área de concentração Psicologia da Educação, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP (2012). Mestre em Educação na linha de pesquisa Educação Matemática, pela Universidade Federal do Paraná-UFPR (2004). Licenciada em Matemática pela Fundação Educacional da Região de Joinville - FURJ (1991). É professora titular da Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE, atuando no Programa de Pós-Graduação em Educação, em cursos de graduação e como pesquisadora e coordenadora do Grupo de Pesquisa Estudos Curriculares, Docência e Tecnologias - GECDOTE. Atualmente é coordenadora do PPGE/UNIVILLE. Integra o grupo de pesquisa Atividade Docente e Subjetividade vinculado à PUC/SP. Integra o GT 85 - Método e Categorias Teóricas na Pesquisa em Psicologia Sócio Histórica da Anpepp. É pesquisadora do Observatório do Ensino Médio em Santa Catarina - OEMESC. Integra o Projeto Interinstitucional Pandemia da Covid-19 e seus impactos na educação básica no Brasil: diagnóstico e proposições interventivas na escola, aprovado no Edital de Seleção Emergencial IV CAPES - Impactos da Pandemia (Edital n 12 CAPES, 2021). É membro do Grupo de Estudos em Educação Integral - GEEI-SC. Tem experiência na educação básica, no ensino de graduação e pós-graduação. Desenvolve pesquisas envolvendo temas como: currículo, políticas e práticas educativas na Educação Básica.

 

Joel Cezar Bonin - Doutorado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2020). Mestrado em Filosofia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2008) e graduação em Filosofia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (1997). Atualmente é professor do SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial-SC), desde 2015 e professor da UNIARP (Universidade Alto Vale do Rio do Peixe), desde 2010. Atua como professor no Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento e Sociedade (PPGDS), na linha de pesquisa "Sociedade, Cidadania e Segurança" (2020) e no Mestrado Profissional em Educação Básica, na linha de pesquisa "Políticas Públicas e Gestão da Educação" (2019). Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Filosofia Política Moderna e Contemporânea, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, filosofia, sociologia, antropologia, sustentabilidade, ética, cidadania e política. Atua como professor, tutor e produtor de material EAD para a UNIARP nas disciplinas de sociologia e antropologia jurídica.

 

Josilaine Antunes Pereira - Doutora em Educação (UNISINOS - 2021). Doutorado Sanduíche na Universidade de Coimbra, Coimbra/Portugal (2018). Mestre em Educação (UNIPLAC - 2008). Graduada em Pedagogia (UNIFACVEST - 2004). Especialista em Prática Escolar Numa Visão Psicopedagógica (UNIFACVEST - 2004). Especialista em Movimentos Sociais, Organizações Populares e Democracia Participativa (UFMG - 2009). Tem experiência na educação, atuando principalmente nas áreas da educação infantil, estudos de gênero, estudos feministas, educação popular, estudos De(s)coloniais, epistemologia Latino-Americana, economia solidária, movimentos sociais, medidas sócio-educativas, Direitos Humanos, metodologia da pesquisa. Docente no Programa de Pós-Graduação Mestrado em Educação da UNIPLAC). Líder do grupo de pesquisa em Educação e Desenvolvimento Territorial: políticas e práticas (GEDETER) Integra a equipe da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP/UNIPLAC) fomento PRONINC/CNPq.

 

Julice Dias - Doutora em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP, cuja tese de doutoramento "(Pré)-escola, cidade, famílias: produção de comunidades de sentido em cadeias ritualísticas de interação (1980-1999)", sob orientação da Prof.ª Dr.ª Alda Junqueira Marin, foi defendida em julho de 2009. Mestre em Educação, pela Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), cuja dissertação foi defendida em fevereiro de 2003, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Eliana Bhering, intitulada "Um estudo sobre a interação adulto/crianças em grupos de idades mistas na educação infantil." Pedagoga pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (1994). Atualmente é professora do Departamento de Pedagogia da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UDESC, na Linha de Pesquisa "Políticas Educacionais, Trabalho e Formação Docente". Integra o Coletivo Ciranda - Grupo de Pesquisa Infância, Cidadania e Redes Educativas, na mesma Universidade, atuando como vice-líder do referido Grupo. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em educação da infância, atuando principalmente nos seguintes temas: educação infantil, planejamento, currículo, aprendizagem e formação de professores. Tem vasta experiência em formação continuada de docentes universitários e professores da educação infantil e ensino fundamental. Possui também experiência ampla em assessoria pedagógica a Prefeituras no que tange à elaboração de propostas curriculares e programas de formação docente na modalidade continuada. Responde pela Direção de Ensino do Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED, da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Gestão 2021-2025.

 

Lucia Ceccato de Lima - Pós-doutora em Educação Ambiental e Sustentabilidade pela Universidade Autonoma de Madrid - Espanha (UAM - 2017). Doutora em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC - 2007). Mestre em Educação/Educação e Ciência pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC - 1999). Especialista em Metodologia da Pesquisa pela Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC - 1996). Especialista em Educação pela Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC - 1993). Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC - 1984). Professora no ensino superior a partir de 1989. Desde 2010 é professora e pesquisadora dos mestrados da UNIPLAC: Mestrado em Educação PPGE e Mestrado em Ambiente e Saúde PPGAS, integrando as linhas de pesquisa: Educação, Processos-socioculturais e Sustentabilidade (PPGE) e Condições da Vida e Manejo Ambiental (PPGAS), respectivamente. É líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ambiente, Educação e Saúde - GEPES AMBIENS. Discute temas interdisciplinares: Educação Ambiental e Ambientalização das Instituições; Epistemologia e Formação Humana; Educação Básica e Superior; Ciências Ambientais; Ambiente, Saúde e Sustentabilidade em áreas de afloramento do Sistema Aquífero Guarani/ Serra Geral. Experiência na Educação Básica - SEC/SC (1984 - 2017). Participa de redes nacionais e internacionais de Pesquisa em Educação Ambiental e Sustentabilidade.

 

Mareli Eliane Graupe - Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação (20h) e do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Saúde (20h) na Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC/SC). Coordena o grupo de pesquisa Gênero, Educação e Cidadania na América Latina (GECAL/UNIPLAC). Licenciada em Pedagogia (2001) e mestra em Educação nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ (2004), doutora em Educação e Cultura pela Universidade de Osnabrueck, Alemanha (2010), revalidação UFSM (2010). Pós-doutora pelo Programa Interdisciplinar em Ciências Humanas, UFSC (2011) e pós-doutora pelo Programa de Antropologia Social, UFSC (2012). É pesquisadora do Instituto de Estudos de Gênero (IEG/UFSC) e da REDE LIESS (Laboratorio Iberoamericano para el Estudio Sociohistórico de las Sexualidades). Membro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd). Foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação na UNIPLAC/SC no biênio 2017/2018. Coordenou o Eixo 18 "Gênero, Sexualidade e Educação", na ANPED Sul (2018). Atua com as seguintes temáticas: Políticas públicas de gênero. Equidade de gênero na educação e na saúde. Sexualidades e violências. Educação em saúde. Formação de professoras. Educação Infantil. Práticas pedagógicas equitativas. Metodologia de pesquisa qualitativa e quantitativa.

 

Maria Alzira Leite - Possui formação em LETRAS e também em PEDAGOGIA. É especialista em PSICOPEDAGOGIA - ênfase em ensino especial e inclusão. MESTRADO em LETRAS: LINGUÍSTICA e LÍNGUA PORTUGUESA pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2009); DOUTORADO em LETRAS: LINGUÍSTICA e LÍNGUA PORTUGUESA pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2014), com período PDSE na Universidade Nova de Lisboa - FCSH. Realizou estágio PÓS-DOUTORADO em LINGUÍSTICA APLICADA, pela Unicamp (2016). Possui experiência nos ensinos fundamental 1 e 2; Médio; EJA; Graduação, Mestrado e Doutorado. Já atuou como Membro de Comitê de Ética e Pesquisa e coordenação de graduações em Letras-Português; Letras-Inglês; História. E, ainda, possui experiência como Coordenadora Institucional do PIBID; Coordenadora Institucional da RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA - gestão 2018. Os seus estudos dialogam com a Educação, mais especificamente, com: Alfabetização, Letramentos, Multiletramentos, Leitura, Escrita, Literatura Infantil. É corretora da prova escrita de proficiência de português para estrangeiros - CELPEBRAS.

 

Marly Kruger de Pesce - Doutorado em Educação- Psicologia da Educação pela PUC/SP. Professora permanente do Programa de Pós-graduação em Educação e do curso de graduação de Letras- licenciatura da Universidade da Região de Joinville - Univille. Líder do Grupo de Pesquisa GECDOTE e integrante do Observatório de Ensino Médio em Santa Catarina. Investiga temas sobre tecnologias digitais; práticas educativas, ensino médio e letramentos digitais.

 

Rita Buzzi Rausch - Doutora em Educação pela UNICAMP e Pós-doutora em Educação pela UFSC. Cursou Pedagogia e Mestrado em Educação na FURB. Possui especialização em Alfabetização pela UNIVALI. Atuou como alfabetizadora e coordenadora pedagógica na Educação Básica na SEMED de Blumenau. Na FURB, atuou como professora e pesquisadora no Curso de Pedagogia e no PPGE; coordenou o PIBID de Pedagogia: Alfabetização e Letramento; coordenou o PPGE; e assumiu a Direção do Centro de Ciências da Educação, Artes e Letras. Foi coordenadora da XIII ANPEd-Sul 2020-2021. Atualmente é aposentada e professora voluntária no PPGE da FURB. Desde 02/2020 é professora no PPGE da UNIVILLE e integra o Grupo de Pesquisa Trabalho e Formação Docente. É integrante e desde 03/2023 assumiu a coordenação da RIPEFOR - Rede Interinstitucional de Pesquisa de Formação e Práticas Docentes. É integrante e consultora do GT 8 - Formação de professores da ANPEd. Desde 2022 é bolsista produtividade em pesquisa e consultora ad hoc do CNPq. Suas pesquisas abordam, principalmente, a formação de professores da Educação Básica e da Educação Superior e a coordenação pedagógica.

 

Silmara da Costa Maia - Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo (1988), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999) e doutorado em Educação pela Universidade do Vale do Itajaí (2018). Atualmente é professor titular da Universidade do Vale do Itajaí. Tem experiência na área de Enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva, currículo e avaliação, atuando principalmente nos seguintes temas: enfermagem, sistematização da assistência, cuidado, diagnóstico de enfermagem e ensino de enfermagem.

 

Tania Mara Zancanaro Pieczkowski

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo (UPF); Especialista em Educação Especial pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC); Especialista em Docência na Educação Superior pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ); Graduada em Pedagogia pela Fundeste; Atuou na Apae de Chapecó como professora e coordenadora pedagógica, no período de 1982 a 2002. Diretora de Ensino na Unochapecó no período de 2009 a 2016. Atuou como coordenadora do Curso de Pedagogia; Possui experiência na capacitação para a pedagogia universitária e educação especial; Coordenou e atualmente integra o Núcleo de Apoio Psicológico e Pedagógico Institucional (NAPI); Foi coordenadora de Apoio Acadêmico e coordenadora da Política de Graduação na Unochapecó. Atuou na educação básica e na educação especial. Docente na graduação e especialização lato sensu, principalmente nas áreas da educação especial, políticas de inclusão, pesquisa em educação e teoria e metodologia da educação superior. Pesquisadora e professora titular C, no PPGE - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação na Unochapecó desde 2015. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação na Unochapecó de 2018 a 2024. Líder do grupo de pesquisa "Diversidades, Educação Inclusiva e Práticas Educativas ". Integrante dos grupos de pesquisa: 1) Ensino e Formação de professores (Unochapecó); 2) GEPE - Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Especial e Inclusão (UFSM); 3) GPPPIN - Grupo de pesquisa em Políticas e Práticas de Inclusão. Integrante da Rede de Investigação em Inclusão, Aprendizagem e Tecnologias Educacionais (RIIATE). Representante da Unochapecó no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COMDE) de Chapecó, SC. Autora e organizadora de livros, autora de capítulos de livros e de artigos científicos publicados em periódicos Qualis Capes. Sócia da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED); da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC); e da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial ABPEE. Consultora ad hoc FAPESC. Consultora ad hoc CNPq. Bolsista de Produtividade em Pesquisa CNPq 2.

Capítulos

  • A REESTRUTURAÇÃO DA DISCIPLINA DE GEOGRAFIA A PARTIR DA REFORMA DO ENSINO MÉDIO: ANÁLISES E REFLEXÕES
  • PANDEMIA DA COVID-19, EDUCAÇÃO E TRABALHO: EM FOCO AS JUVENTUDES
  • O PROGRAMA DE ALFABETIZAÇÃO TEMPO DE APRENDER E AS ESTRATÉGIAS DE SUBJETIVAÇÃO DOS SUJEITOS
  • FORMAÇÃO INTEGRAL E DIVERSIDADE CULTURAL NO CURRÍCULO DO ENSINO MÉDIO EM RONDÔNIA
  • AVALIAÇÃO DOS GASTOS EM EDUCAÇÃO E SEU REFLEXO NA EFETIVIDADE DAS POLÍTICAS PÚBLICAS: UM CASO DE MUNICÍPIOS RONDONIENSES
  • PENSAMENTO COMPLEXO: REPENSANDO O MODELO EDUCACIONAL NA CONTEMPORANEIDADE
  • O USO DAS METODOLOGIAS ATIVAS NO ENSINO SUPERIOR
  • DIVERSIDADE CULTURAL, CURRÍCULO E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DE PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL DE ESCOLAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO/RONDÔNIA (BRASIL)
  • DECOLONIALIDADE NO CAMPO DA FORMAÇÃO DOCENTE: CONTRIBUIÇÕES DE ANTÓNIO NÓVOA
  • ENSINO MÉDIO E TRABALHO DOCENTE: REVISÃO SISTEMÁTICA DE LITERATURA
  • REDES SOCIAIS E A CONSTRUÇÃO DO SUJEITO MEDICALIZADO
  • AS TRANSFORMAÇÕES NO MUNDO DO TRABALHO: COMPETÊNCIA, QUALIFICAÇÃO E MODIFICAÇÕES DO TRABALHO DOCENTE
  • EVASÃO DO ENSINO SUPERIOR: IMPACTOS DO FUNDO DE FINANCIAMENTO ESTUDANTIL (FIES)
  • POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NO BRASIL: ANÁLISE A PARTIR DA REVISÃO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA NO PERÍODO 2014-2023
  • DECOLONIALIDADE A PARTIR DA PERSPECTIVA EPISTÊMICA DE WALTER MIGNOLO
  • DO SUJEITO ECOLÓGICO PARA O SUJEITO SUSTENTABILISTA
  • ENSINO DE BIOLOGIA MEDIADO POR TECNOLOGIA EM RONDÔNIA: ABORDAGEM DIDÁTICA
  • TECNOLOGIAS DIGITAIS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COMO POTENCIALIZADORAS DA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES DA EDUCAÇÃO BÁSICA
  • O MODELO TPACK PARA INSERÇÃO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO
  • SENTIDOS DE GÊNERO/MASCULINIDADE E TRABALHO DOCENTE ATRIBUÍDOS PELOS HOMENS PROFESSORES QUE ATUAM EM SALA DE REFERÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  • TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA (TEA): CAMINHOS TEÓRICOS DA INCLUSÃO
  • MASCULINIDADES, GÊNERO E SENTIDOS DO TRABALHO DOCENTE ATRIBUÍDOS POR HOMENS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA QUE ATUAM NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  • ACESSIBILIDADE ARQUITETÔNICA E INCLUSÃO ESCOLAR
  • O IMAGINÁRIO CRIATIVO NO FAZ DE CONTA: ATIVIDADES COLABORATIVAS EM TURMAS DE EDUCAÇÃO INFANTIL COM INCLUSÃO DE CRIANÇAS AUTISTAS
  • IDENTIDADE NACIONAL: O ESPAÇO ESCOLAR E A REFLEXÃO SOBRE A PRESENÇA DE IMIGRANTES AFRICANOS EM CRICIÚMA
  • NARRATIVAS DE REEXISTÊNCIA DE PROFESSORAS NEGRAS DO ENSINO SUPERIOR DE SANTA CATARINA
  • CONTRIBUIÇÕES DO PENSAMENTO DELEUZO-GUATTARIANO PARA A FILOSOFIA DA DIFERENÇA NA EDUCAÇÃO
  • EDUCAÇÃO ESTÉTICA: POSSIBILIDADES NO MUSEU DE CIÊNCIAS NATURAIS

Downloads

Publicado

maio 16, 2024

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.